Cinema e TV

Status: Ansiosíssimo pelo longa “Hoje eu quero voltar sozinho”

topo

Desde que eu assisti o curta de pouco mais de 17 minutos, “Eu não quero voltar sozinho”, parece que ando contando os dias para ver sua transformação em longa-metragem nos cinemas. A história é singelamente cativante, especialmente problemática e igualmente confusa, como qualquer outra história que fale sobre amor, sobre as descobertas que este sentimento causa em nós mesmos. Há 3 anos o pequeno filme está na rede, mas só há algum tempo, com o início da divulgação da história de Leonardo, Gabriel e Giovana, para as telonas, começou a ficar de fato conhecido. Se você ainda não assistiu, faça isso agora, rs.

[youtube]http://www.youtube.com/watch?v=1Wav5KjBHbI[/youtube]

A simples falta do “não” no título provocou em mim uma quantidade absurda de dúvidas, de possibilidades do rumo que a história pode tomar. Afinal, o tempo de cenas vai se multiplicar algumas vezes e tudo pode acontecer. Ainda mais quando estamos falando de personagens que estão naquela fase, rs.

Leonardo (Ghilherme Lobo) e Gabriel (Fábio Audi)

Leonardo (Ghilherme Lobo) e Gabriel (Fábio Audi)

Quantos tabus e maneiras diferentes de ser chamado nas ruas, você tem que enfrentar se for gay? Quantas piadinhas um adolescente cego escuta, nessa fase da vida, onde a imagem sempre parece ser o mais importante para todos? Mas, e se você for um adolescente cego, que se descobre apaixonado pelo novo colega de classe? Como sobreviver a tantos dilemas que surgem em nossa mente de uma só vez? Parece que não há resposta para tanto. Parece que não há resposta para nada! Há só confusão e nada mais.

Todos esses conflitos abordados rapidamente no vídeo e que prometem discorrer no filme, me deixaram com uma ânsia imensa de poltrona de cinema. Eu nem sei se vou querer comer pipoca, pra não perde nem um segundo dos movimentos dos atores, que já me surpreenderam muito em poucos minutos atuando. Porque além da história, não posso negar que estou cada vez mais apaixonado pelo trio Gui, Tess e Fábio – xará, rs.

theway

Pôster internacional do longa “Hoje eu quero voltar sozinho”

A penca de críticas sobre as produções cinematográficas brasileiras que não sejam comédias, é um recalque que com certeza não se aplica aqui! – E não só aqui, se você ainda não assistiu “O Palhaço”, faça isso porque é surpreendente! – Os três protagonistas estão em Berlim, onde irão estrear seu trabalho em primeira mão, amanhã (10), na 64º edição da Berlinale – Berlin International Film Festival! #ChupaEssa hahaha 😀 No estrangeiro, o filme ganhou o título “The way he looks”.

Por aqui, dia 11 de abril (nova data, devido a nova programação de estreias, para mais cidades) vamos ter a oportunidade de apreciar o trabalho completo desses três lindos no cinema *–* Eu espero sinceramente que alguma rede aqui de Alagoas traga o longa, ou vão ter que enfrentar a ira de um fã desapontado! HAHAHAHA! Pra deixar vocês com um gostinho de quero mais, se liga no trailer apaixonante que foi divulgado:

[youtube]http://www.youtube.com/watch?v=lpHKXyko358[/youtube]

Se você já estava ou ficou também super ansioso depois do post, comente suas expectativas e vamos conversar, até o lançamento!

Até mais, boys!



Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*