Cinema e TV

Vou contar porque você deve e vai viciar em “How to Get Away with Murder”

Não é de hoje que eu conto aqui meus sérios probleminhas com séries de tv. Eu achei que tinha me curado desse vício. Com Sense 8 tava tão sério que eu tava quase me jogando numa rehabeita que exagero, nãm kkk -, mas ai acabou a temporada e eu me vi livre de querer ver todos os seus episódios continuamente num dia só (mas já tô coçando pela season 2).

Eis que neste feriadão de carnaval, o qual optei por ficar em casa de boa na lagoa – no caso, quis dizer na cama mesmo -, meu primo veio dormir aqui e na hora do almoço eu fiz a burrice de perguntar: “Vamos assistir o quê enquanto almoçamos?”. Bom, agora estou eu aqui viciado em How to get away with murder. Obrigado, primo, sua demônia.

Eu assisti o pilot da série, mas eu não me contive e vi o segundo, o terceiro. Ele foi embora pra casa dele e eu continuei. Já estou na segunda temporada. Eu já comentei que a primeira temporada tem 15 episódios? Help me! Stop me please!

Não se faz isso com quem tem um tcc pra entregar e pretende se formar ainda esse ano. Como eu jamais cairei no vício sozinho, vou levar vocês comigo 😀 E agora eu vou contar alguns motivos pelos quais vocês devem e vão viciar em How to get away with murder.

1. Analisse Keating: tão fodástica que você vai querer ser ela

Mulher negra, maravilhosa e muito gentil (tipo a Rochelle mãe do Chris):

Dona do troféu mais desejado que o Oscar:

(quase) Dona dessa lapa de negão (mesmo que um Latrell Spencer das Branquelas):

Não tenho muito mais para falar dessa rainha, esses gifs a definem bem. Apenas posso ressaltar seu altíssimo nível de gentileza #sqn (só pode ser ariana com essa brabeza toda) e o quanto você vai querer ser ela. É a Dona. Ela manda, faz e acontece. Mas é também um ser humano como todos nós e por isso, também demonstra suas fraquezas. Acho que por isso eu me identifiquei tanto com ela.

2. Connor: tão gostoso que você vai querer ir pra cama com ele sempre que entrar em cena

Olha essa boquinha. mibeja vinhado <3

Você já assistiu Sense 8? Um dos motivos que eu citei pra vocês verem a série, foi o Hernando (e o par dele, o Lito). Pois então, esse Connor segue a mesma linha, só que 435678 vezes mais safado! Além de ser ainda inteligente, lindo, e pegador. Não tem um viado do casting da primeira temporada que ele não pegou, mano! kkkk.

O poder de persuasão do cara é tal, que quando ele está numa nova conquista, ele não consegue só o alvo dele, você fica v*dio por ele também hahaha ao ponto de querer passar a língua na tela da tv. Pode fazer o teste, o bico do peito chega a coçar. Não o meu é claro (-QQQQQQ). Daí, quando um episódio acaba, você só quer ver outro pra que ele possa aparecer novamente.

Imagina que loco se esse homem chega pra você e fala:

MIGA SUA LOKA! não precisa pedir duas vezes, né nom?

3. O mundo das leis nunca foi tão instigante antes de How to get away with murder

Essa branquela é bem doida de mexer com a Analisse

Eu mesmo nunca dei um real de valor pra essas coisas de julgamentos, casos policiais e afins. Assistir aquele canal da justiça que tem na tv aberta? jamais na vida! Na verdade eu sempre achei tudo isso um saco. Ai você vê essa série e fica tipo: mano, eu vou cursar Direito e tals.

Tá, pode nem chegar a tanto hahaha. Mas você vai se sentir totalmente atraído por esse mundo policial/judicial, vai se pegar analisando como cada caso de homicídio foi resolvido (ou encoberto kkk) e vai pagar um pau para as aulas da professora Keating e até ter vontade de estudar, já que provavelmente suas aulas na faculdade não parecem nadinha com as dela, curse você Direito ou não.

4. É cobra engolindo cobra kirido!

Na série tem um bendito de um troféu, pelo qual os alunos protagonistas lutam com unhas e dentes a cada caso de homicídio que aparece para ser solucionado. Quem consegue encontrar provas ou indícios que ajudem no caso, provavelmente tem mais chances de ganhá-lo.

Os alunos vivem juntos o dia todo, passam mais tempo juntos do que muitos amigos passariam, mas falou nesse troféu meu velho, eles não contam história, pegam a metralhadora e trá trá trá! E é a realidade, né nom? No mercado de trabalho e na vida. Não precisamos ser obcecados, mas temos que ficar com um olho no peixe e outro no gato pra não levarmos uma rasteira da vida ou de uma falsiane qualquer kkk. Além do mais, são os melhores que vão ao topo 😉

Filma a cara dessa demônia vendo que o outro ganhou o troféu:

5. Vai ficar pós-graduado em: como sair impune de um homicídio

"Vale um ponto na média, quem sabe a resposta?" hahaha

São tantos casos de morte solucionados, nos quais as vezes o assassino sai impune por que seu advogado é mais inteligente e sagaz, que você vai sair craque em como matar alguém ali de boas, esconder o corpo e se safar (ps.: eu sempre exagerado).

As soluções encontradas, as pistas que você nunca encontraria e as diversas tipologias de crime, vão fazer você ficar vidrado ao ponto de após uns 7 episódios, você começar a participar da série, opinando nas aulas da Analisse, ajudando a encontrar pistas para solucionar os casos e jurando que você que vai levar o troféu pra casa dessa vez. Anham, senta ali e espera.

Nada como saber sair impune de um crime nessas épocas de entrega de tcc (pode ser entrega de trabalhos em geral também). Nunca se sabe o que pode acontecer se a gente receber uma nota vermelha, né? hahahaha. #Brinks

Atualmente, a série está no décimo episódio, da segunda temporada. A season 1 está disponível no Netflix (e em milhares desses sites que postam séries pra assistir online), então não há impedimentos para começar agora!

Só pra deixar vocês com ainda mais vontade de ver, mais um gifzinho “animado” do Connor:

Me contem nos comentários o que vocês acharam do post e se você vai ver a série. Se você já é um viciado nela assim como eu, comenta também e vamos ser migs pra sempre <3.



Fábio Correia

Tags:
Comentários: 2 comentários

2 respostas a Vou contar porque você deve e vai viciar em “How to Get Away with Murder”

  1. @JEPBLOG disse:
    AAAMO HOW TO GET AWAY WITH MURDER!!! Condor e Oliver! Tão fofos! A Annalise é perfeita! Mostrando o poder feminino!!!! E as roupas e as perucas! Amo!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*